8/25/2013

Mini Imagine com Justin Bieber – FALL (parte 5)

A Song For You

“-Você pode voar, a menos que vamos juntos” (Fall- Justin Bieber)
Você P.O.V
Um mês depois
     Esse ultimo mês foi bem calmo, também, eu estava de férias, começaria a faculdade na próxima semana e eu odeio estudar então já sei que vai ser um saco.
     Não tenho falado muito com o Justin, eu estava meio que fugindo dele, não sei direito porque, mas acho que cheguei ao meu limite, sabe? Não consigo mais ficar perto dele normalmente.
     Eu fique muito amiga da Cass, ela sempre vem aqui em casa e sim, ela e o Nathan estão namorando agora e eu acho isso super legal, é a primeira garota normal que ele namora, mas as vezes sinto que ele ainda é um pouco afim da Selena.
    Ah é, hoje terá um show do Justin, ele não faz muito sucesso, então eu vou pra ajudar ele, na verdade que me avisou do show foi o Kendall e ele que insistiu para eu ir, sei lá porque. Comecei a me arrumar no fim da tarde e quando estava pronta fiquei esperando a Cass e o Kendall chegarem, eles iam comigo, só o chato do Nathan que não quis ir.
     O Kendall chegou primeiro.

Kendall: Oi SeuNome, você ta linda.
Eu: Não exagera.
Kendall: Ta, e ai? Animada pro show?
Eu: To sim, eu amo asa músicas dele.
Kendall: É, mas deve ser difícil pra você, não é?
Eu: Não, por que seria difícil?
Kendall: Você sabe porque,
Eu: A sim, eu não gosto muito de ficar perto dele, mas eu realmente gosto das músicas.
Kendall: É claro que gosta, são quase todas pra você.
Eu: O que? Claro que não.
Kendall: É sim, ele gosta muito de você, só você não consegue ver isso.
Eu: Kendall, você já usou hoje?
Kendall: Ei, eu sou contra as drogas, ta bom.
Eu: Então para de falar besteira.

     Ele ia falar alguma coisa, mas a Cass chegou nessa hora e nós fomos para o Show, chegamos lá e eu até achei que a gente estava no show errado, porque estava muito cheio, muito mesmo. Pelo jeito a carreira dele subiu de nível e subiu bem rápido.
      Nós entramos e ficamos o mais perto do palco o possível. O show começou e como sempre o Justin estava incrível, perfeito. No meio da música die in your arms ele viu a gente e acenou, era a música que ele estava cantando quando nos perdemos, era linda (minha favorita), ele acabou a música e disse:

Justin: Bom, vai haver uma pequena mudança de planos, já volto – Ele saiu do palco e voltou com um violão – Essa música é dedicada especialmente para uma garota que está aqui hoje, eu nunca consegui dizer o que sinto a ela e escrevi essas canção pra tentar expressar o que sinto.

     Ele começou a tocar e cantar a música FALL... Enquanto ele cantava eu me senti como se o universo estivesse sendo voltado para mim, me senti especial, como se aquela música estivesse contando a nossa história, quer dizer, como eu queria que fosse a nossa história, eu queria que ele sentisse o mesmo por mim, seria tudo tão mais simples.
     Bom, sói me restava sonhar e imaginar que aquela música era pra mim. Me senti pior ainda quando percebi que ele estava olhando pra mim, bem, não pra mim de verdade, poderia ser pra alguém que estava perto ou sei lá. Quando ele acabou todas as fãs aplaudiram e voltaram a gritar histericamente e a Cass me perguntou:

Cass: Ta tudo bem?
Eu: Claro, por que não estaria?
Kendall: Ta brincando né?
Eu: Por quê?
Cass: ta na cara que essa música foi pra você.
Eu: Claro que não, que idéia.
Kendall: Ele cantou a música inteira olhando pra você.
Eu: Não, ele estava olhando nessa direção, não pra mim. Ele podia estar olhando pra Cass, vocês são amigos também.
Cass: Lógico que não, você é a melhor amiga dele, não eu.
Eu: Mas não tem como... – Eu digo mais pra mim mesma que pra eles –
Kendall: Aceita que a música é pra você SeuNome.
Eu: Vocês estão viajando.
Cass: Quando acabar o show a gente pergunta pra ele então.

     Eu não queria perguntar pra ele, eu tinha medo da resposta, eu sabia que não era pra mim, mas saber pra quem era seria demais pra mim. Eu comecei a me senti meio tonta, com tudo aquilo na minha cabeça.

Eu: Gente, eu vou sair um pouco, ta bom?
Cass: Você ta bem? Quer que eu vá com você?
Eu: Não precisa, eu estou bem.

     Eu saí do Show, do meio de todo mundo, minha cabeça estava doendo muito, tava passando um monte de frases da música, frases para me fazer ter certeza de que era pra mim, mas eu não conseguia aceitar mesmo. E eu não posso ficar me torturando considerando que fosse.
     Eu fui para atrás do palco, onde ninguém podia me ver, mas eu podia ouvir a voz dele. Me sentei no chão abracei minhas pernas e comecei a chora, isso mesmo, chorar, eu sei que não devia, mas ainda sofre e muito por ele.
     O ouvi anunciando o fim do show, logo o meu celular toca, é o Kendall, eu não atendi, com certeza minha voz entregaria que eu estava chorando. Então eu ouvi vozes de umas pessoas e elas entraram onde um estava. Eu fiquei quieta, eles não iriam me ver ali, estava muito escuro.
     Assim que eles passaram chegou uma mensagem da Cass no meu celular perguntando onde eu estava e como eu sou sortuda alguém com certeza ouviu.

Xxx: SeuNome?

     Eu olho e é o Justin, ele fala alguma coisa com as pessoas que estão com ele e volta até onde estou e se senta do meu lado. Eu virei a cabeça para o outro lado para ele não ver que eu estava chorando.

Justin: O que faz aqui?
Eu: Nada – Minha voz falho, me entregando –
Justin: Esta chorando de Nov, é por causa daquele cara?
Eu: Sim, é por causa dele sim! Pode me deixar sozinha agora?
Justin: Eu nunca vou te deixar sozinha, que droga, me fala quem é ele.
Eu: Eu cansei de fingir você quer mesmo saber?
Justin: Quero, fala.
Eu: Ele é você Justin.
Justin: - Ficou um tempo em silêncio - Pra ser sincero eu já desconfiava.
Eu: A já? – Olhei pra ele – E por que nunca disse nada? Preferiu içar me vendo sofrer?
Justin: Me desculpa, mas eu tive medo, ta bom? Medo de estar errado e você me achar um louco.
Eu: Você não estava errado, alias, você sempre está certo, não é?
Justin: É, isso é verdade – Disse orgulhoso –
Eu: Agora você já pode rir de mim.
Justin: Olha aqui – Olhei pra ele – E nunca riria de você SeuNome, eu te amo – Eu não disse nada e meu queixo caiu – Agora você pode rir. – Ele riu – Que é? Achei que fosse entender quando ouvisse a música, era pra você, você sabe não é?
Eu: Na verdade, eu não sabia.
Justin: Eu devia ter dito seu nome lá no palco, você tem que ser mais auto-estima sabia?
Eu: É, já me falaram isso – Eu virei meu rosto pro outro lado de novo.
Justin: Ei, olha aqui.

     Quando eu olhei, ele me roubou um selinho, nós dois sorrimos e ele me beijou de verdade, um beijo bom, profundo e perfeito, o beijo que eu sempre sonhei em ter com ele. Beijá-lo é com certeza a melhor sensação que existe pra mim. Quando ele parou o beijou ficou me olhando por um tempo.

Justin: Vem comigo? – Levantou e estendeu a mão –
Eu: Onde?
Justin: Não confia em mim?
Eu: Mas do que em qualquer um.
Justin: Então vamos.

     Eu segurei na mão delem e levantei e nós saímos daquele lugar escuro e sem vida, fomos até o carro dele, entramos e ele saiu dirigindo. Foi um pouco mais de cinco minutos apenas, até estarmos na praia. Ele pegou um violão dentro da mala do carro e me levou até a praia, nos sentamos na areia.

Eu: Você vai tocar de novo a música que fez pra mim? – Achei muito legal falar aquilo em voz alta –
Justin: Qual delas? Tem tantas Acho que todas daquele show são pra você.
Eu: Você é perfeito sabia?
Justin: É, já me falaram isso – Sorriu – Já sei qual eu vou tocar.

     Ele se posicionou de frente pra mim e começou a cantar As Long As You Love Me (a versão acústica ta gente?), outra música que eu particularmente adoro. Eu sorri durante a música toda, porque essa era a primeira vez que ele cantava uma música pra me e eu tinha certeza que era mesmo pra mim. Então ele acabou, deixou o violão de lado e chegou mais perto.

Justin: Eu sei que normalmente eu teria que esperar mais, mas é que eu não aguento mais ficar sem você... SeuNome, aceita ser minha? Pra sempre?

     Ele tirou um anel do bolso, eu sorri o que o fez sorrir também.

Eu: Contanto que você me ame – ri –
Justin: - Riu – Mas eu te amo, te amo mais que tudo.
Eu: - Sorri – Eu também te amo.

     Ele sorriu, colocou o anel no meu dedo e me beijou.


Fim

Então, esse foi meu imagine com o Justin
Espero que tenham gostado
Não esqueçam de comentar o que achara aqui em baixo, bjs <3

2 comentários:

  1. Selinhoo http://sempreimaginedirectioner.blogspot.com.br/2013/08/selinho.html#comment-form

    ResponderExcluir