5/29/2013

Mini Imagine com Harry Styles - (Hot)

Srt. Tomlinson

Você P.O.V
Louis: SeuNooome, acorda! SEUNOOOME! – Gritou o chato do meu irmão enquanto ele abria a cortina –
Eu: A Louis, eu to morrendo de sono, me deixa.
Louis: Não, já é duas da tarde, levanta logo.
Eu: Ta, eu já to indo – Me sentei na cama –
Louis: Vai logo, eu quero te apresentar um pessoa – Saiu –

Deito na cama de novo, mas não consigo voltar a dormir. Levanto e vou tomar banho.
Bom, eu voltei ontem pra Londres, depois de passar um ano na casa da minha vó, agora que eu voltei e eu vou morar com o Louis, porque não da pra mim ir pra casa, briguei com a minha mãe da ultima vez que eu vim pra cá, enfim, não quero pensar nisso agora.
Sai do banho, me vestiE desci , o Louis tava sentado no sofá mexendo no celular.

Louis: Até que enfim em? – Disse quando me viu – HAZZA!
Xxx: Já to indo – Vindo da cozinha – Que foi? – Ele não me viu, pois eu tava parada perto da escada, ele usava um avental, tava engraçado –
Louis: Harry, essa é minha irmã, SeuNome.
Harry: É... Oi... É um prazer – Disse tirando o avental rapidamente e arrumando o cabelo –  Nossa eu não tenho duvida que você é irmã do Louis.
Eu: Oi – Ele sorriu pra mim, mostrando suas covinhas, fazendo ele ficar mais perfeito ainda, Louis estranha –
Louis: SeuNome, o Harry mora aqui comigo – Olhando pra Harry, que não parava de sorrir pra mim.
Eu: Legal – Muito legal, eu já tava adorando morar com o “Louis”, se é que me entende ;)
Harry: Ela que vai passar um tempo aqui? – Pergunta pro Louis, mas sem tirar os olhos de mim –
Louis: É sim.
Harry: Muito legal.
Louis: Ta bom, eu quero que vocês dois fiquem em uma certa distancia um do outro.
Eu: Ai Louis, que besteira.
Harry: É, pra que isso?
Louis: Harry, eu te conheço, e eu te quero longe da minha irmã.
Eu: Credo Louis, deixa de ser chato, eu sei me cuidar.
Harry: É cara.
Eu: Eu to com fome, o que tem pra comer? – Eu disse sabendo que o Harry tava na cozinha –
Harry: Eu to fazendo lasanha.
Eu: Legal, eu te ajudo.

Fui com o Harry pra cozinha, senti o olhar de reprovação do Louis encima da gente, mas nem liguei, eu já sei me cuidar. Na cozinha o Harry ficou mexendo numas coisas no balcão.

Eu: O que quer que eu faça?
Harry: Não precisa fazer nada, só fica aqui comigo.
Eu: Eu vou ficar pra provocar o Louis – Na verdade não era só por isso, encostei numa cadeira –
Harry: Como quiser... Então, quanto tempo vai ficar?
Eu: Não sei, talvez umas semanas, no máximo um mês.
Harry: Só isso?
Eu: É, até achar um apartamento pra mim aqui.
Harry: Que pena.
Eu: Verdade.
Harry: E... Quantos anos você tem?
Eu: 19.
Harry: Legal.
Eu: Por quê?
Harry: É maior de idade.
Eu: Você gosta de morar com o Louis?
Harry: Claro, ele é meu melhor amigo.
Eu: Deve ser difícil, ele é muito mandão.
Harry: Nem tanto, eu acho que ele é assim com você.
Eu: É, deve ser...
Harry: Então...  O que gosta de fazer? Nas horas vagas.
Eu: Nada, sou preguiçosa.
Harry: A, deve ter alguma coisa – Virou e se apoiou no balcão, ficando de frente pra mim –
Eu: E tem.
Harry: O que?
Eu: Umas coisas.
Harry: Que tipo de coisas?
Eu: Do tipo que não da pra fazer sozinha – Eu disse brincando, é claro que não é verdade.

Ele mordeu o lábio inferior e olhou pra cima.

Harry: Você pensa em fazer esse tipo de coisa comigo?
Eu: Talvez – Mordi o lábio ao considerar a hipótese –
Xxx: Posso saber do que estão falando? – Disse o Louis entrando, eu levei um susto.
Eu: Porra Louis, que susto.
Louis: Você levou um susto é por que tava fazendo o que não devia, do que estavam falando?
Harry: Vídeo game – Puta merda, menino burro -
Louis: Como é?
Harry: Eu perguntei o que ela gosta de fazer e ele falou q eu gosta de jogar.
Louis: Que história é essa? A SeuNome nunca gostou de jogar vide-game.
Eu: Agora eu gosto Louis, para de ser chato.
Louis: Ta, foi mal.
Eu: A, eu quase esqueci, vem comigo.

Puxo o Louis pro meu quarto, ele senta na cama, eu pego um presente que comprei e dou pra ele.

Louis: Você lembrou! – Me deu um abraço.
Eu: Claro, é meio difícil esquecer né?
Louis: É, obrigado – Ele não abriu só ficou segurando -
Eu: Louis ta tudo bem?
Louis: Você gostou do Harry, não é?
Eu: É, ele é legal – Não só isso, mas é o que o Louis precisa saber –
Louis: Eu não quero você perto dele.
Eu: Como é?
Louis: Ele não é o cara pra você namorar.
Eu: A é? Então que é esse cara?
Louis: Não sei... Olha, hoje, vai ter uma festinha aqui, vai vir uns amigos meus, talvez você goste de alguém, mas o Harry não, por favor.
Eu: Por que o Harry não?
Louis: Ele não por favor
Eu: Eu não posso prometer nada.
Louis: pelo menos você vai tentar conhecer outros caras?
Eu: Ta, eu vou tentar.

Nós descemos, já tava pronta a lasanha do Harry, nós comemos e depois os meninos foram arrumar as coisas pra festa, eu fui pro meu quarto e dormi.
Acordei com o som de musica alta e já era umas nove horas, tomei um banho, me arrumeiE desci pra festa, tinha muita gente lá, eu achei que seria mais simples, mas ai eu lembrei como o Louis é exagerado, assim que ele me viu, veio até mim, reclamou da minha roupa e começou a me apresentar pros amigos que ele falou,  depois de um tempo assim eu consegui fugir dele.
Vi o Harry e fui até ele por trás e tampei seus olhos.

Harry: Quem é?
Eu: - Fiquei nas pontas dos pés pra poder alcançar seu ouviu – Adivinha – Sussurrei –
Harry: SeuNome? – Virou e olhou pra mim sorrindo – Você ta linda.
Eu: - Corei, mas ele não viu – Quer dançar?
Harry: Claro, vem – Me puxou pra onde as pessoas estavam dançando e começamos a dançar – O Louis disse pra você ficar longe de mim né?
Eu: É, mas ele na manda em mim.
Harry: É bom saber disso – Disse sorrindo –

Harry me olhava como se pudesse me comer com os olhos. Nós estávamos dançando de mãos dadas, aquelas coisas meio disco, sabe? Eu me viro de costas pra ele e cruzou meus braços, fazendo ele me abraçar por trás (não pense besteira), ficamos dançando assim por um tempo, eu tava gostando.

Harry: Você sabe o quanto eu to me segurando pra não te agarrar agora? – Sussurrou no meu ouvido –
Eu: Harry, tecnicamente você já ta me agarrando.
Harry: Você entendeu, eu to me esforçado muito.
Eu: Eu imagino.
Harry: Você não tem ideia do que eu to passando.
Eu: Se você quer tanto, por que não faz?
Harry: Por causa do seu irmão.
Eu: Que raiva, o Louis é muito chato.
Harry: Por quê? Você queria?

É claro que eu queria e muito, mas eu não disse nada.

Harry: Sabe, eu não culpo ele, meu passado me condena.
Eu: Eu não ligo pra essas coisas.
Harry: Não liga?
Eu: Não e eu acho que o Louis nem ta vendo agente.
Harry: Bom, se você acha isso.

Ele me virou e me puxou mais pro meio das pessoas que estavam dançando, nós paramos e ele ficou de frente pra mim, segurou minha cintura, me puxou pra perto dele, calando nossos corpos, então, finalmente ele me beijou, seu beijo foi profundo, por um momento só havia nós dois naquele lugar, eu não via mais nada, eu me senti diferente, foi... Perfeito.
Ele parou o beijo e ficou me olhando com os olhos brilhando.

Eu: Vamos sair daqui?
Harry: E o Louis?
Eu: Ele não precisa saber.
Harry: Então ta.

Ele pegou minha mão, me puxou lá pra cima e entrou num quarto, porra, que menino apressado, ele ta pensando que eu sou o que?

Eu: Harry... Eu não vou fazer isso... Eu só disse pra gente ir num lugar mais tranqüilo pra gente conversar.
Harry: Eu sei, calma, é que o Louis não vai nos ver aqui.
Eu:Ta.

Eu me sentei na cama e ele numa cadeira na minha frente.

Harry: Você não se senti mal enganando seu irmão?
Eu: Ele tem que entender que eu sei me virar sozinha.
Harry: Entendo, e... você ta disposta a ir em frente com isso?
Eu: Isso o que?
Harry: A gente.
Eu: Já existe um”a gente”?
Harry: Bom, por mim sim.
Eu: Acho melhor “a gente” ir com calma.
Harry: Tudo bem, mas você quer isso, não é?
Eu: Sim, eu quero – Sorri-
Harry: -Sorrindo- Eu também.

Nós ficamos o resto da noite conversando, sobre o Louis, sobre nós, se conhecendo, foi legal, eu nem vi o tempo passar, já tava amanhecendo quando eu fui pro meu quarto dormir.
Acordei de novo com o Louis entrando no meu quarto.

Eu: Ai Louis, ninguém merece.
Louis: Desculpa, é que eu to indo passar o Natal com os nossos pais, você vem?
Eu: Você sabe que não.
Louis: Ta bom, eu não sei se eu volto hoje ta?
Eu: Ta.
Louis: E o que achou da festa?
Eu: Legal.
Louis: Gostou de alguém?
Eu: Hum... Eu achei o Niall fofo.
Louis: Bom, o Niall é um cara legal, você vai gostar dele.
Eu: Ta, agora me deixa dormir.
Louis: Ta, feliz natal – Me deu um beijo na testa e saiu.

Voltei a dormir. Acordei, tomei um banho, coloquei uma roupa confortável, desci e fui até a cozinha e ouvi um barulho, fiquei com medo, porque eu tava sozinha. Enfim, decidi ignorar, abri a geladeira, enchi um copo de suco e fechei ela, quase morri de susto, o Harry tava prado olhando pra mim.

Eu: Seu loco, que me matar de susto?
Harry: Foi mal... Achei que tinha ido com o Louis.
Eu: Eu não fui e o que você ta fazendo aqui?
Harry: Minha família mora longe.
Eu: A...

Ficamos nos encarando em silêncio, eu terminei de beber o suco, Harry não tirava os olhos de mim, me virei pra deixar o copo na pia, mas antes que eu o faça o Harry me abraçou por trás, sem segundas intenções, só um abraço mesmo, bom, pelo menos no começo, por que depois ele beijou meu pescoço, me arrepiando, deixei o copo e me virei, ficando de frente pra ele e ele me beijou.

Harry: Tem certeza que quer ir com calma? - Disse quando parou o beijo -
Eu: No momento não, mas eu acho que é por que você ta muito perto.
Harry: - Foi um pouco pra trás – E agora?
Eu: Hum... Eu acho que é só a gente não contar pro Louis né? – Sorri –
Harry: É, ele não precisa saber por enquanto – Veio até mim sorrindo –

Ele me beijou de novo, só que tava diferente agora, era mais urgente e... Quente. Ele me colocou em cima da pia e eu entrelacei minhas pernas em sua cintura, puxando ele pra mais perto de minha, ele apertava minha coxa com muita força, tenho certeza que vai deixar marca. Suas mãos percorriam pelo meu corpo. Sinto ele deslisar sua mão por dentro minha blusa. Foi ai que eu vi no que ia acabar, mas não acho nada legal fazer isso numa cozinha.

Eu: Harry... - Eu digo meio sem folego e meio a tantos beijos -
Harry: Sim? - Diz sem parar de beijar meu pescoço -
Eu: Quarto... Vamos pro quarto.
Harry: A é - Para de me beijar - O quarto.

Ele me coloca no chão e me abraça por trás de novo e vamos assim até o quarto dele, chegando lá, eu fecho a porta e empurro ele até a cama, me sento no colo dele e isso faz ele soltar um gemido abafado, eu sorri vitoriosa, tirei a camisa dele e fiquei olhando para aquele corpo perfeito, agora ele sorriu. Eu passei minhas unhas de leve pelo abdômen dele até chegar as cós da sua calça.
Tirei a calça dele, deixando-o só de box vermelha, que marcava o volume de seu membro já ereto. Antes de eu fazer qualquer coisa ele inverte as posições, ficando em cima de mim. Ele tira o meu short e volta a me beijar, enquanto procura o fecho do meu sutiã, quando ele acha, tira o mesmo sem cerimonia. Ele desce beijando meu pescoço, até chegar em meus seios. Eu tombei a cabeça pra trás, aproveitando a sensação e tentando esconder os gemidos.
Até que ele para e volta a me beijar, eu mesma já me adianto e começo a abaixar sua boxe, só que ele tava por cima e isso não tava ajudando muito. Ele ri e se livra dela, depois devagar, ele tira minha calcinha e se posiciona em cima de mim, mas não "começa".

Harry: Tem certeza?
Eu: Harry, para de enrolar e vai logo.

Ele riu e colocou, nós dois soltamos um gemido de alivio, finalmente eu pudia "sentir" ele comigo. Então ele começa suas investidas, bem devagar, mas de um jeito bom. Nossos gemidos eram baixos, mas dava pra ver que estávamos se esforçando muito pra não gritar. Nossos vizinhos podiam ouvir ou sei lá. 
Eu arranhava suas costa a medida que ele me envolvia e me fazia dele...


[...]

No dia seguinte, acordei com os barulhos de alguém batendo na porta.

Xxx: Harry! Abre a porra da porta, eu sei que a mina irmã ta ai! - Era o Louis e ele parecia nervoso -

Eu levantei apressada e comecei a me vestir, o Harry fez o mesmo.

Harry: Tudo bem se eu contar pra ele? - Sussurro, pra que ele não ouvisse -
Eu: Por mim sim...
Harry: Ótimo... Pronta?
Eu: Sim.

Ele me abraça de lado e vai até a porta pra abri-la...



~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Bom, se tiver alguém aí,
lendo o que eu posto, e eu sei que não tem (haha)
sei lá, porque eu fiz esse hot,
não sei escrever essas coisas, então...
espero que gostem,
bjs tchau <3

12 comentários:

  1. foi legall!!!! e mt fofo

    ResponderExcluir
  2. eu quero ver final como Louis fique!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito curiosaaa!

      Excluir
    2. tambem queria muito saber oque acontece depois !!!

      Excluir
  3. Tem razão eu também queria saber como Louis iria fiquar ele ficou bravo?

    ResponderExcluir
  4. Bom, eu to vendo que muitas querem saber o que acontece depois, queria dizer que a minha intenção era deixar assim, pra ficarem curiosas mesmo, vou pensar em fazer uma segunda parte :)

    ResponderExcluir
  5. pudia ter a continuaçao deles abrindo a porta mais fora a isso muito bom e expecifica mais a parte do sexo mais muito bom !!!

    ResponderExcluir
  6. Voce podia ter posto a parte de eles a abrir a porta e a contar ao louis mas de resto está ...lindo

    ResponderExcluir
  7. A continuação é essa aqui >> http://onedirection-e-voce.blogspot.com.br/2013/07/mini-imagine-com-harry-styles-hot-parte.html

    ResponderExcluir
  8. Amei mas faz um com o nini

    ResponderExcluir