6/23/2014

7° Capítulo - My happy ending

                       
                       
                                 {...}

                                                 Kate P.O.V

Acordei tarde no outro dia, pois era um sábado. Zayn estava no meu quarto me olhando, será que ele tava aqui fazia muito tempo?

Zayn: Bom dia dorminhoca - ele disse me olhando.
O sol entrava pela janela do meu quarto, e batia no meu rosto.
Eu: Bom dia, há quanto tempo você esta aqui me olhado? - pergunto me espreguiçando.
Zayn: Há um tempinho já. Você dorme feito um anjo - ele ri -
Eu: Oh meu Deus, isso é tão fofo. Logo de manhã, você não cansa? - eu disse dando um sorriso -
Zayn: De te elogiar não, nunca.

Dei um sorriso pra ele que respondia muita coisa, então disse pra ele esperar, pois eu ia lavar o rosto e escovar os dentes. Fui até o meu banheiro e fiz isso rápido, depois voltei pro quarto e perguntei ao Zayn sobre a Amy.

Eu: Será que a Amy esta bem Zayn? To com um pressentimento ruim, não sei o que pode ser.
Zayn: Bom, se ela mandou uma mensagem pra minha mãe dizendo que ficaria bem. Acho que ela ta sim, ela esta apenas se divertindo.
Eu tinha acordado com um pressentimento ruim e fiquei preocupada com a Amy, afinal ela era a unica que ninguém sabia aonde ela estava.
               
                                                 {...}

                                             Amy P.O.V

Acordei assustada e suando frio naquela cama suja, aquilo não tinha sido um sonho. Meus olhos estavam enchados de tanto chorar na noite passada, o James não estava mais lá. Eu estava sozinha naquele lugar com medo, e com frio, querendo que tudo aquilo fosse um sonho.
Me levanto e procuro minhas roupas, pois ainda estou nua. Estou morrendo de frio, parecia que aquilo tinha me deixado vazia, vazia e com medo.
Acho minhas roupas jogadas  naquele chão imundo. Visto-as e desço as escadas, tento achar uma saída daquele lugar imundo
. Só vejo portas fechadas, mas encontro uma janela, que destravo e abro ela, então passo meu corpo e pulo para fora.
Consigo sair para fora daquela casa e observo o lugar que eu estava. Realmemte nunca ninguém me ouviria gritar, aquele lugar não tinha casas há não ser essa. Era uma fazenda enorme o verde tomava conta do lugar, mas a casa da fazenda era essa que eu estive que mais parecia uma casa do terror. Naquela noite não consegui ver aonde estava, mas agora consigo observar todo o lugar.

Caminho até a estrada, que parecia ser muito longe e observo que ali demora pra passar carro, eu tinha que arranjar um jeito de ir embora.
Estava chegando perto da estrada, quando observo um senhor vestido com uma camiseta vermelha xadrez e um macacão. Ele esta parado perto da porteira, então ele me encara e diz:

Xx: O que faz aqui moça bonita?
Eu:  É é es - gaguejo enquanto falo.
Xx: O que você estava fazendo naquela casa sinistra?
Eu: Quem é você? - pergunto me afastando daquele senhor.
Xx: Sou caseiro dessa fazenda, e acho bom você sair logo daqui. A familia dos Collins não são boas pessoas.
Eu: Eu sei - digo - mas eu fui trazida para cá pelo James, o senhor o conhece?
Xx: Aquele safado? conheço sim. O que ele fez com você lá dentro? Quer chamar a polícia?
Eu: Não, nada. Eu só quero que o senhor me ajude a ir embora. Eu preciso sair desse lugar, mas eu não tenho a minima noção de onde eu estou.
Xx: Bom, aonde você mora?
Eu: Moro em Londres.
Xx: Hehehehe - o senhor da uma risada sarcástica - Londres fica muito longe daqui, muito mesmo. Você vai precisar de uma carona!
Eu: Ai meu Deus, quantos kilômetros? - pergunto apavorada.
Xx: Mais ou menos uns 450 kilômetros. Mas se você quiser eu posso te dar uma carona até a metade do caminho!
Eu: Eu quero sim moço, se o senhor puder eu vou ficar muito grata - digo sorrindo.
Xx: Tudo bem, fique aqui, vou buscar minha caminhonete.

O senhor some em direção aquela casa do terror em que eu estava. Ele vai para trás dela, enquanto eu o espero na porteira.
 Não quis dizer nada que o James tinha feito comigo, e muito menos chamar a polícia. Por enquanto não.

                                               {...}

No caminho para casa, eu e aquele senhor conversámos muito. Ele era caseiro daquela casa há anos, aquela casa era da mãe do James. Ele também me contou tudo sobre a família Tyler, que era a família do James. Se eu quisesse prender aquele cara eu já tinha tudo em mãos, mas essa não era minha intenção, não agora.
Há todo momento o senhor me fazia perguntas, ele queria saber o que o James tinha feito comigo, mas eu sempre mudava de assunto. Foi assim que seguimos em direção a Londres.
Por volta das 22:00 pm, o senhor tinha me deixado em um bairro perto de onde eu morava, ele me deu dinheiro pra mim esperar um ônibus.
Quando estava no ônibus há caminho de casa fiquei pensando naquela noite anterior que pra mim foi a pior noite da minha vida. Como eu me deixei levar a isso? eu só conseguia chorar, tudo por causa de um emprego que eu arrumei, de um cara estranho que eu confiei. Se eu pudesse pelo menos voltar no tempo..

4 comentários:

  1. Cade as putarias da Kate e do Zayn ?? Huehue ta perfeito posta logo o capítulo 8 pff
    - Vick

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha sarafada. Logo logo terá vick. Vou postar *-*
      <3

      Excluir
  2. Awt isa é isso mesmo vick cade bella
    Brincadeira posta logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haushauhsu, calma vai terrrr! hehehe logo logo..

      Excluir